Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Por Outro Lado

Uma análise crítica do dia-a-dia

Por Outro Lado

Uma análise crítica do dia-a-dia

O Homem Mais Rico da Babilónia: aprenda a gerir as suas finanças pessoais com este livro intemporal

11.02.19 | Manuel Por Um Lado

Há quase 100 anos, George Samuel Clason, publicou uma obra clássica das finanças pessoais em jeito de alegoria, cujos princípios apresentados continuam a ser muito relevantes nos dias de hoje.

 

money-2724235.jpg

 

 

Dicas essenciais para constituir riqueza

 

 

1. Pague a si próprio primeiro! E viva de acordo com os seus meios

 

Embora possa parecer pouco intuitivo, deve pagar-se a si próprio primeiro! Tipicamente, poupamos aquilo que nos sobra ao final do mês. O problema é que com essa estratégia, na maior parte dos casos, pouco ou nada sobra. Por isso, é importante poupar no início do mês e gastar o restante.

 

2. Procure conselhos daqueles que realmente sabem do que falam

Procurar um conselho financeiro não é o mesmo que ir ao banco e aceitar a primeira sugestão. É importante considerar que os funcionários dos bancos baseiam os seus conselhos nos produtos disponíveis nesse banco. Mas isso não significa que seja melhor opção. É importante pesquisar as várias opções disponíveis e procurar conselhos de pessoas o mais conhecedoras e imparciais possível.

 

3. Ponha o seu dinheiro a trabalhar para si

Dinheiro a trabalhar? Ah pois! De pouco vale poupar o dinheiro se este não for devidamente investido. Existem várias opções, desde os depósitos bancários, a fundos de investimento e ações de empresas. Todos estes potenciais investimentos têm vantagens e desvantagens, investigue!

 

lion-510159.jpg

 

 

Curas para uma carteira vazia

 

Na sua epopeia, o personagem principal recebe alguns ensinamentos quando se vai queixar da falta de dinheiro ao seu mentor. As principais dicas que poderemos adotar são as seguintes.

1. Poupe uma parte daquilo que ganha. Uma boa porção será pelo menos 10%.
2. Controle as suas despesas. As despesas tendem a seguir o nível de rendimento, o segredo está em manter o nível de despesas quando o rendimento aumenta. Um orçamento familiar pode ser muito útil neste âmbito.
3. Ponha o dinheiro a trabalhar por si. A verdadeira riqueza não é apenas medida pelo conjunto de bens, mas sim pelo rendimento que estes produzem. É importantíssimo tirar partido dos juros compostos para multiplicar o rendimento.
4. Guarde os seus bens de possíveis perdas. A segurança do capital é um princípio basilar do bom investimento. Invista sempre com uma boa margem de segurança.
5. Torne a sua casa num investimento proveitoso. Já que é uma despesa indispensável, tire o melhor partido possível. Provavelmente significa comprar a sua casa, mas atenção às condições de mercado.
6. Assegure um rendimento futuro. Quando não tiver capacidade de obter rendimento será muito importante ter outras formas de rendimento. Pode incluir poupanças, seguros, pensões, etc.
7. Aumente a sua capacidade de obter rendimentos. Mantenha uma perspetiva de aprendizagem ao longo da vida. O mundo está em constante mudança e as oportunidades abundam para quem está preparado.

 

O Homem Mais Rico da Babilónia é uma obra de referência nas finanças pessoais. Ainda que com quase 100 anos continua a ser perfeitamente relevante, até pelo seu estilo de alegoria. Leia-o!

 

Livro disponível em: WOOK | Book Depository



2 comentários

Comentar post